domingo, 25 de março de 2012

Dignidade do Ser Humano




        Morrendo de saudades, mesmo vendo que não havia como recuperar o  tempo perdido, pelo filhodaputa que eu achava que tinha sido e pelo jeito que essas coisas terminam.
        Eu não queria consertar nada, nem tentar nada de novo, nem me reconciliar ou procurar ajuda, etecétara...
        Mas sabe quando você sente que não pode viver mais um segundo sem alguém? Que você daria a vida por essa pessoa e essa pessoa daria a vida por você? E que simplismente por isso minha perspectiva era bem mais animadora:
        -Que estranha essa voz ativa, uma espécie de diálogo tosco consigo, mesmo sem a menor relação com a estória!
        -Realmente é problemático esse negócio estrutural. A merda é que embora saiba o motivo, não consigo evitar.
                                                                         ...
         Como num sonho:
         Quando finalmente estávamos juntos, sentindo aquele alívio por estar ao seu lado, como sempre ao acordar dando um grande abraço e aquele beijo de bom dia:
        -Agora vejo pra que foi que eu existi. Para ter a coragem de pensar o que você me ensinou;
        -Jesus, O Filho de Deus, serviu de exemplo. No mundo nunca haverá alguém maior: então dê o melhor de si sempre, porque em volta, meu amor, tudo sempre estará deserto.
-Tudo certo.
-Tudo certo como dois e dois são cinco...

Um comentário:

  1. Dê o melhor de si, sempre...frase perfeita. Muito legal.

    Parabéns

    ResponderExcluir